(31) 3432-3446 / (31) 3432-3587 / (31) 99114-3331 

Leevre - Coleira Ectoparasiticidas

De: R$ 129,90
Por:
R$ 105,90
Código: 37940
Economize 19%
1
Comprimento
2
3
Compartilhar:

COLEIRA LEEVRE é indicada para o controle de parasitas tais como: carrapatos e pulgas; e no controle dos vetores da Leishmaniose. a utilização da LEEVRE auxilia no contrle e na prevenção da Dermatite Alérgica á picadas de pulgas (DAPP).

Fórmula:
 

Cada 100 g contém:
Deltametrina .......................................................... 4,00 g
Propoxur .............................................................. 12,00 g
Veículo q.s.p........................................................ 100,00 g
 

 

Indicações:
Leevre é indicado no controle de infestações causadas pelos ectoparasitas Ctenocephalides felis felis (pulga) e Rhipicephalus sanguineus (carrapato), e no controle dos vetores da leishmaniose (Lutzomyia longipalpis).
Como todo ectoparasiticida destinado ao controle de pulgas em cães, a utilização de Leevre auxilia no controle e na prevenção da Dermatite Alérgica à Picada de Pulgas (DAPP) e de verminose causada pelo cestódeo Dipylidium caninum, uma vez que elimina o agente causador (pulga).
 

 

Dosagem:
Leevre possui duas diferentes apresentações comerciais, e deverá ser empregada de acordo com sua correspondência ao tamanho dos animais, conforme tabela abaixo:
 
Porte do animal Apresentação
Para cães de pequeno e médio porte 48 cm
Para cães de grande porte 63 cm
 
De acordo com os estudos de eficácia realizados em cães com Leevre, o produto demonstrou ser eficaz no controle de pulgas por até 38 semanas e no controle de carrapatos por até 24 semanas após o início do tratamento, com uma eficácia superior a 90%. Foi eficaz também no controle de vetores da leishmaniose visceral canina, por um período de 26 semanas, com mortalidade média dos insetos em torno de 95% (94,91%) e proteção média contra picadas em torno de 90% (89,93%). Assim, Leevre pode ser utilizado continuamente por um período médio de 6 a 9 meses.
 
Considera-se que o intervalo de troca do produto Leevre é variável de acordo com fatores inerentes a cada infestação, como condições climáticas, nível de infestação, realização concomitante de tratamento ambiental, entre outros; sugere-se um intervalo de troca de no mínimo a cada 6 meses ou 24 semanas, ficando a critério do Médico Veterinário a indicação do intervalo de troca da coleira.
 

 

Administração:
1 - Abrir a embalagem lacrada para retirar a coleira.
2 - Adaptar ao redor do pescoço do animal.
3 - Deixar folga de 2 dedos entre o pescoço e a coleira.
4 - Passar a coleira dentro da fivela plástica e travar os pinos de abotoar em 3 furos.
5 - A sobra deverá ser cortada mais ou menos cinco centímetros após o último furo abotoado.
6 – Após manusear a coleira para utilização, lavar as mãos com água e sabão.
Para animais em fase de crescimento deve-se acompanhar o ajuste da coleira ao redor do pescoço.
Recomenda-se retirar a coleira antes do banho do animal e recolocá-la quando a pele estiver seca. 
 

 

Precauções:
Evitar contato com a pele, olhos e boca. Após manusear a coleira para utilização, lavar as mãos com água e sabão.
Não guarde ou mantenha o produto próximo aos alimentos.
Descartar as embalagens vazias e restos de produto, de forma segura, evitando a contaminação do meio ambiente. 
O uso concomitante de produtos à base de piretróide não é recomendado devido ao risco de potencialização de efeitos colaterais.
 
Contra indicações e limitações de uso:
Não utilizar o produto com o prazo de validade vencido.
Não utilizar em animais que apresentem hipersensibilidade conhecida aos componentes do produto. 
Não utilizar em gatos.
Não administrar em pele lesionada.
Não utilizar em filhotes com menos de 3 (três) meses de idade.
Não utilizar em fêmeas gestantes, em fase de lactação ou acompanhadas de filhotes com até 3 (três) meses de idade, pela possibilidade do contato dos filhotes com o princípio ativo.
 
Reações adversas:
A colocação da coleira Leevre pode eventualmente gerar reação local de sensibilização individual e transitória. Nesse caso, aconselha-se a remoção temporária da coleira Leevre por 1 (uma) semana ou até que os sinais de alergia desapareçam. Se após a recolocação do produto a reação local persistir, retire a coleira e consulte um Médico Veterinário.
Compre também